Atraia visitantes para o seu site e dê aquele up nas vendas!

Você sabia que existem dois tipos de Marketing Digital? Existe o Marketing Digital que apenas gera fumaça e o Marketing Digital que gera resultados, ou seja, que consegue transformar seus esforços em vendas e receita para a sua empresa.

Nesse artigo iremos te mostrar como a primeira etapa do funil de Inbound Marketing, a etapa ‘atrair”, e todo o seu conjunto de ações que, comprovadamente, vão ajudar sua empresa a criar uma verdadeira máquina de clientes. Boa leitura!

Seu site está em dia?

Caso você ainda não saiba, atrair visitantes para o seu site é uma das partes mais importantes do funil de vendas do inbound marketing, isso porque se o seu site não estiver ‘em dia’, o restante das ações não vão funcionar.

O que fazer para ter bons resultados?

Produzir conteúdo – Conteúdo é, atualmente, a grande moeda de troca da Internet e é o que fará com que a sua empresa torne-se mais interessante aos olhos dos usuários. Construir um blog (e nutri-lo periodicamente) é peça central dessa estratégia.

Otimizar conteúdo para gerar tráfego – Não basta você sair por aí escrevendo um monte de conteúdo no seu blog se você não escrever de forma correta. Além de produzir conteúdo relevante você também deve otimizar seu conteúdo para que ele seja alcançado em dois grandes canais em que as pessoas estão: o Google e as mídias sociais.

Comprar mídia – Normalmente o tráfego orgânico costuma ser excelente, porém pode demorar a aparecer. Mas calma! Uma saída é comprar mídia usando o Google Adwords ou Facebook Ads. Essas são excelentes opções para gerar tráfego a curto prazo.

O topo é a parte mais larga do funil, conhecido também como a parte da consciência.

Nesse momento a pessoa não está ciente sobre uma determinada necessidade ou problema que ela tenha.

Ou seja, ela não está buscando produtos ou serviços. Por isso, ela não é considerada um cliente real e o seu objetivo aqui é justamente tornar esse visitante em um comprador real.

Logo, o que importa nessa fase é aumentar o tráfego do seu site para atrair futuros clientes, isto é, gerar mais leads.

Para isso, é importante fazer com que o visitante descubra uma necessidade e tenha interesse na sua empresa para que possa avançar para o meio do funil.

Vantagens

Estar a par do número de visitas numa página e volume de vendas é apenas uma pequena vantagem. Isso porque os pontos positivos do funil de venda são muitos. Confira mais alguns abaixo:

Melhor conhecimento sobre a sua equipe

Você sabia que o funil permite que você verifique como é o desempenho da sua equipe de trabalho? Isso mesmo!

Em cada etapa do método é possível mensurar a produtividade dos vendedores, onde eles têm mais dificuldades e os resultados obtidos por cada um. Bacana, não é mesmo?

Dessa forma, acaba ficando mais fácil saber se o setor de vendas vai conseguir cumprir suas metas, o tempo necessário para alcançá-las, além de identificar porque alguns membros conseguem vender mais que os outros.

Após coletar e analisar as informações obtidas pelo funil, você até poderá dar um feedback aos seus colaboradores e assim, contribui para uma maior produtividade no ambiente de trabalho.

E falando em produtividade...

Assim que os colaboradores tomam consciência que o trabalho está sendo acompanhado e que os dados fundamentais são identificados, a tendência é que eles se empenhem mais para apresentar melhores resultados.

Dessa forma, você vai conseguir que seu time tenha mais foco e alinhe seus esforços com os objetivos da empresa, otimizando sua gestão.

Otimização da gestão

O funil é trabalhado com o intuito de padronizar o ciclo de vendas, tornando a análise de cada estágio deste processo mais objetivo e ágil. Com isso, a equipe de gerenciamento ganha mais foco e assertividade, provendo melhores chances para fechar um negócio.

Melhor aproveitamento das oportunidades de negócios

Com o funil de vendas você conhece o status de cada venda, isto é, as chances que cada negócio tem de ser efetivado.

Logo, fica mais fácil aplicar estratégias para aumentar a possibilidade de fechar o negócio.

Do mesmo modo, é possível identificar se há novas possibilidades de atuação, ou seja, identificar se os clientes potenciais ou reais estão precisando de outras demandas.

Com isso, você terá respostas para otimizar seus produtos e ou serviços.

Cuidados sobre o conceito de funil de vendas

Ao ter conhecimento mais aprofundado sobre o funil de vendas você deve-se atentar com 2 tópicos a seguir:

Visitantes viram leads e clientes

Ainda existem muitas pessoas que acreditam que todos os visitantes da sua página eletrônica se tornarão clientes reais. Infelizmente, não é bem assim que funciona. É bem comum que pessoas acessem seu site, leiam seus conteúdos e saiam sem deixar nenhum contato para retorno.

E justamente por isso é tão importante acompanhar seu funil. Mas fique atento, pois só ter acesso ao número de visitantes não te garante converter as pessoas que acessam o conteúdo da sua empresa em reais compradores.

O funil de vendas precisa de ações contínuas

Um erro cometido por muitas empresas é pensar que ele simplesmente é utilizado para saber a porcentagem de conversões de visitantes para compradores reais.

Cuidado! O funil de venda demanda ações de venda e marketing.

Além de tudo isso, também é necessário olhar com muita atenção as características positivas e negativas do seu produto e ouvir bem seus clientes para poder gerar as melhorias necessárias para elevar seu volume de vendas e conhecer cada parte do pipeline.

Para ter sucesso com o funil de vendas é preciso desenvolver conteúdo adequado para cada etapa do processo de venda.

No topo do funil

Vale ressaltar: o objetivo dos conteúdos do topo do funil é fazer com que o seu público descubra que tem um problema que precisa ser resolvido (de preferência, por sua empresa!).

Por isso, as publicações precisam ser de fácil acesso, pois o público na primeira etapa é bem amplo e não tem muito conhecimento sobre a solução que a sua organização oferece.

Ou seja, o conteúdo deve ser de fácil entendimento e deve estar repleto de informações necessárias para que o visitante tenha curiosidade e se torne um lead.

As seguintes ferramentas são essenciais:

Mídias Sociais

A ideia do topo de funil é aumentar o tráfego de visitantes, certo?

Logo, mídias digitais como Facebook, Twitter, Instagram são ótimas oportunidades para despertar a curiosidade dos potenciais clientes, além de estreitar a comunicação entre a sua empresa e seus seguidores.

Para chamar a atenção de seu público nas redes sociais, use e abuse de imagens, além de chamadas para assuntos relevantes do blog que você criou.

Post de blog

O post em blog é o primeiro contato do cliente sobre um determinado tema que, potencialmente, pode se tornar uma solução para suas demandas.

Os textos devem ser de fácil acesso para qualquer visitante e as informações neles contidos devem despertar a curiosidade do leitor de saber mais sobre o assunto.

Uma forma de ter o futuro comprador mais interessado sobre o assunto abordado e conseguir leads é fazer uso das newsletters.

Newsletters

Newsletter, em português, significa boletim informativo.

Ela possibilita a comunicação direta com o cliente de forma regular e periódica.

Em geral são enviados conteúdos específicos sobre um ou mais assuntos para que o consumidor tenha mais interesse sobre a solução de um problema e avance para a próxima etapa do funil.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você. Não deixe de acompanhar o nosso blog pois nas próximas semana iremos falar sobre as próximas etapas do funil! ;)

 

Voltar