Como usar o marketing digital para vender mais no varejo?

Segundo pesquisas divulgadas pelo Google, há uma previsão de que toda a população mundial estará conectada até 2020. Quando nos deparamos com um dado tão importante como esse já pensamos no cenário varejista, que segue em constante crescimento através da utilização do marketing digital.

Não é novidade para ninguém que as compras pelo celular e a integração com as redes sociais acabaram por engrossar o crescimento do varejo através da web. Não é para menos: o estudo TIC Domicílios (divulgado pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação), em sua última estatística (2014) contabilizou cerca de 86 milhões de pessoas usando a internet no Brasil, sendo que mais de 40 milhões o fazem através do celular. E números como esses não podem ser ignorados.

Ainda de acordo com o estudo, existem 450 mil e-commerces no país e, com a tecnologia totalmente a favor das vendas, as empresas podem – e devem – utilizar recursos de marketing digital para se aproximar de seus consumidores, aumentando a visibilidade da marca, o reconhecimento e, consequentemente, o volume de produtos comercializados. Com isso podemos afirmar que o varejista com presença online pode mensurar o que o consumidor faz na sua loja ou página. E assim que o varejista recebe esses dados em mãos, poderá tomar decisões de forma mais assertiva. Isso porque terá posse de dados e números que o farão compreender o comportamento do seu consumidor.

Portanto, pode-se dizer que torna-se uma prioridade para os varejistas fazer uma campanha de mídia na internet com foco no mobile, já que sabemos que a aderência às tecnologias cresce a dois dígitos no país. Um bom exemplo disso é o do consumidor que compra na loja física porém já comparou preços no ambiente online e possivelmente vai falar isso para o vendedor.

E falando em campanha de mídia, um bom começo são os links patrocinados.

Links Patrocinados ou Googles Adwords

Conforme já ressaltamos em nosso artigo: “Tudo que você precisa saber para vender pelo Google Adwords”, trabalhar com anúncios no Google é uma das melhores estratégias para se conseguir resultados a curto prazo. Entretanto, é necessário tomar cuidado com os investimentos em mídia nessa rede, especialmente para o setor de vestuários.

Isso porque a concorrência por palavras-chave é muito grande e o seu anúncio pode acabar sendo mais caro do que você havia planejado. Confira algumas dicas importantes para que você consiga estruturar uma campanha no Google Adwords com orçamento restrito:  ;)

- Fazer uma campanha institucional com extensões de site link e colocar palavras genéricas para acionar seus anúncios

- Fazer poucos grupos de anúncios para que eles não disputem a verba da campanha entre si

- Trabalhar com palavras-chave bem específicas (e por isso com custo menor)

- Trabalhar com orçamento compartilhado entre as campanhas – caso você tenha mais de uma linha de produtos para anunciar, por exemplo

- Segmentar por região ou dia da semana para otimizar o orçamento

- Aplicar estratégias de lance para parcela de superação desejada, listando concorrentes

Caso você tenha uma verba ilimitada para ações do Google, a sugestão é começar com tudo e usar estratégias de lance superando as estimativas de primeira posição.

Contudo, não é só o orçamento que define a colocação dos seus anúncios no Google. Como o mecanismo de busca vê o seu site também conta.

Por isso, certifique-se de que a loja virtual ou website que você está enviando o usuário é realmente bom para sua experiência.

Google Adwords Display

A Rede de Display também oferece uma boa vantagem quando o seu objetivo for lançar algo novo no mercado. Seja para promoções, lançamentos ou campanhas de reconhecimento.

Porém, sempre selecione segmentos que se assemelham ao seu para exibir sua publicidade em sites parceiros da rede de Display do Google.

Com um investimento baixo você pode transmitir sua mensagem no formato de banners para centenas de usuários em diversos websites.

Use as Redes Sociais para engajar seu público

A melhor estratégia de engajamento é pensar na missão da sua empresa e entrar na causa. Assim que você criar uma página nas redes sociais, você também precisa entender como deve se comportar no ambiente online para atrair o seu cliente.

Use Redes Sociais como SAC

As pessoas que estão nas redes sociais exigem rapidez. Portanto, sempre seja ágil e nunca deixe de responder seu cliente. Além disso, procure estar onde o seu consumidor está, ou seja, utilize o mesmo canal para entrar em contato com ele. Se ele fizer uma pergunta pelo Facebook, responda pelo Facebook. Não o faça perder tempo pedindo que envie a questão por email.

Esteja presente

Criar uma página nas redes sociais não é o bastante. Você também precisa estar realmente presente. Como? Poste diversas fotos dos seus produtos, isso poderá levar a compra por impulso, por exemplo, e sempre melhora as vendas. Quando uma empresa entra no ambiente online, ela sempre consegue saber o que o consumidor está buscando e assim, poderá oferecer por diversas vezes durante o dia, o que claramente irá refletir em vendas.

Seja neutro

Assim que sua empresa estiver no meio digital, evite ao máximo entrar em polêmicas do momento. Mantenha o foco que é vender e engajar consumidores.

Use a rede de afiliados

Pessoas ligadas ao conteúdo que você oferece sempre possuem uma boa conversão em vendas. Então porque não aproveitar dessa influência para benefício próprio? ;)

Os resultados trazidos pelo Marketing Digital são incontestáveis. Porém, não pense que será fácil ou que não exigirá esforço e trabalho duro. O consumidor online costuma querer tudo ao mesmo tempo. Por isso, direcione os seus investimentos em uma boa equipe ou em uma agência especializada para cuidar da interação com o cliente e gerenciar o marketing digital. Profissionalizar a coisa sempre melhora os resultados! Afinal, ninguém quer ter uma reputação jogada por terra por conta de uma resposta mal formulada ou um tratamento indelicado.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado. Até a próxima semana.

Voltar