Mitos do e-mail marketing

E para finalizar a nossa série de artigos sobre os mitos do Marketing Digital, hoje iremos falar especificamente sobre os mitos em torno do e-mail marketing. Bora lá?

Mito #1 NINGUÉM MAIS LÊ E-MAIL

Todos possuem um e-mail. Seja para fazer cadastro em qualquer site, serviço, aplicativo: para criar uma conta no Facebook, por exemplo, você precisa de um e-mail válido.

É claro que existe uma diferença entre termos um e-mail e lermos tudo o que recebemos. O grande ponto aqui é o interesse: se eu conheço o remetente e sei que seu conteúdo é de qualidade (irá me trazer algo de valor), com certeza irei engajar.
É isso que faz você olhar para uma caixa de entrada cheia e escolher o que vai abrir.

Além disso, não é difícil encontrar casos de empresas, em diferentes setores, que produzem bons conteúdos, seguem as boas práticas de e-mail e atingem taxas de abertura de 50-60%.

Mito #2 O OBJETIVO DO E-MAIL É VENDER

Outro caso que vemos com frequência é o de empresas que possuem um mindset de que o objetivo do E-mail Marketing é gerar venda. Em determinados casos, sim: o e-mail é um poderoso canal de vendas com um ROI sensivelmente maior que o de outros canais de Marketing Digital.

Porém esse não é o caso de grande parte das empresas, principalmente as que possuem venda complexa. Sendo assim, devemos tratar o e-mail como um canal de relacionamento onde toda a estratégia estará focada em fazer os Leads avançarem na jornada de compra, principalmente através de conteúdo de qualidade.

MITO #3 FIZ TODAS AS CONFIGURAÇÕES DE E-MAIL, AGORA ELES NÃO IRÃO MAIS PARA A CAIXA DE SPAM

Algumas configurações, como SPF e DKIM, são essenciais para uma estratégia de E-mail Marketing, mas não são garantias de que seus e-mails chegarão sempre à caixa de entrada. Na prática, elas servem para dizer aos serviços de e-mail que "é você" quem está mandando o email.

Por exemplo, pense no seguinte caso: qualquer um poderia entrar em um serviço de E-mail Marketing e criar uma campanha assinada como tim.cook@apple.com. Não seria o Tim Cook enviando um e-mail, e sim uma fraude. Tendo essas configurações, os servidores de e-mail irão interpretar que o remetente é real.

MITOS SOBRE AUTOMAÇÃO DE MARKETING

MITO #1 A AUTOMAÇÃO DE MARKETING VAI SUBSTITUIR O PAPEL DO VENDEDOR

Realmente, a grande mudança que colocou a automação de marketing em evidência foi uma mudança no comportamento de compra dos consumidores. Hoje, repletos de informações, boa parte da jornada de compra acontece na internet, mas o erro está em pensar que todo o processo acontece sem a intervenção do vendedor/empresa.

Para colocar em linhas gerais, produtos menos complexos geram compras mais impulsivas,enquanto produtos mais complexos (e caros) geram compras mais conscientes. No caso das compras impulsivas, apesar de o contato com um vendedor poder ser descartado, igualmente pequeno será o papel do conteúdo e do Inbound Marketing.

Enquanto isso, nas compras complexas (e especialmente o mercado B2B), o Inbound faz o papel de atrair, posicionar e oferecer o seu produto, mas em raras exceções conseguirá sozinho concretizar a compra.

MITO #2 A JORNADA DE COMPRA É LINEAR

O mito começa, nesse caso, quando as pessoas levam essa metodologia ao pé da letra e imaginam um processo linear onde cada Lead percorre a jornada da mesma forma. Na prática, cada pessoa tem uma velocidade e interesse/necessidade de aprendizado específico, e pode tanto chegar à sua empresa quanto avançar nesse processo em ritmos completamente diferentes.

O objetivo de entender a jornada de compra é possibilitar que você entenda o comportamento de um Lead para engajá-lo precisamente onde ele mais precisa. A automação de marketing nesse contexto possibilita fazer esse engajamento de forma automatizada e escalável, o que a diferencia de um auto responder convencional.

MITO #3 AUTOMAÇÃO SOMENTE SERVE PARA ENVIAR E-MAILS

É comum vermos pessoas descrevendo a automação de marketing como uma forma inteligente de disparar e-mails para uma base. Isso acontece, em grande parte, pelo formidável papel desempenhado pelo e-mail como canal de comunicação, principalmente no contexto B2B, mas a automação de marketing vai (e muito!) além disso.

Na verdade, além das funções de relacionamento, a automação de marketing multiplica o poder de atuação de um profissional de marketing, aumentando radicalmente a produtividade do time.

MITO #4 QUANTO MAIS E-MAILS ENVIADOS, MELHORES SÃO OS RESULTADOS

Quando falamos que a automação de marketing é uma solução escalável, muita gente interpreta essa informação como disparar e-mails em massa. No entanto, o que queremos passar quando dizemos que a solução é escalável é que ela te permite engajar com volumes muito grandes de Leads sem perder a personalização necessária para ter bons resultados.

Personalizar o relacionamento é essencial para você não ser tratado como spam e se correlaciona diretamente com a eficácia do resultado. Afinal de contas, está cada vez mais difícil proteger a sua caixa de entrada de empresas intrusas que pretendem (ou não) te conhecer.

No Marketing Digital, de forma geral, quanto mais personalizado você puder ser, melhor os seus resultados e maior o trabalho. Isso porque, sempre que você divide um grupo em dois, você aumenta o número de caminhos que precisam ser criados para cada grupo percorrer.

MITO #5 SÓ GRANDES EMPRESAS PRECISAM DE AUTOMAÇÃO

Muitas empresas acreditam que, por serem menores, não faz tanto sentido investir em automação de marketing. Para nós, é justamente o contrário.

Empresas menores possuem recursos limitados e menos pessoas alocadas nas áreas de marketing e vendas. Isso gera a necessidade de ser extremamente produtivo ou então pouca coisa vai ser feita. A automação ajuda a aproveitar melhor os recursos que a empresa possui.

MITO #6 AUTOMAÇÃO DE MARKETING É MUITO CARO

Por fim, mas não menos frequente, é a afirmação de que usar uma ferramenta de automação de marketing é muito caro. De fato, em estágios muito iniciais do negócio, muitas vezes a empresa não pode absorver o investimento inicial da automação em tempo de auferir o seu retorno. Por outro lado, a automação de marketing tem o grande benefício de permitir que o investimento seja proporcional à sua demanda.

A maioria dos softwares de automação permitem que você escolha o plano que melhor atender as suas necessidades e com preços que vão variar conforme o tamanho da sua base de Leads. Na prática, esse modelo de trabalho permite que você aumente o seu investimento à medida que a solução se prova para aumentar a sua receita.

CONCLUSÃO

Como você pôde acompanhar em nossos últimos artigos, existem muitos mitos que são vendidos como verdades absolutas. Cabe a você saber interpretar essas dicas e entender se fazem ou não sentido para o seu contexto.

Em linhas gerais, é sempre importante acompanhar e procurar por casos de sucesso e ter por perto especialistas para tirar as dúvidas e entender o que é aplicável ao seu negócio.

ESSE MATERIAL FOI CONSTRUÍDO JUNTAMENTE COM A EMPRESA RESULTADOS DIGITAIS. POR ISSO, SE VOCÊ GOSTOU E QUER SABER MAIS SOBRE MARKETING DIGITAL, ACOMPANHE NOSSO BLOG POIS NA SEMANA QUE VEM TEM MAIS! ;)

Voltar